Sql Azure

Por Ivana Sacramento, Valdevino Pereira, Vinicius Gramacho.

SQL-Azure-It-s-What-SQL-Services-Used-to-Be.jpg

Introdução

No mundo da tecnologia da informação é sempre relevante inovar com ferramentas que reduzam os custos para os cenários das empresas, aumentem o poder de computação e a disponibilidade via internet visando oferecer estes serviços para usuários finais e corporações.
Diante dessas importantes variáveis surgiu a computação em nuvem (ou cloud computing ). Aproveitando este contexto, a Microsoft apresentou em outubro de 2008 para o mercado o Windows Azure, um novo sistema operacional que oferece uma plataforma como serviço, a partir de servidores da Microsoft espalhados pelo mundo.
Além dos próprios recursos provenientes do Windows Azure, a plataforma também oferece uma série de serviços que capacitam as aplicações com bancos de dados, barramentos de serviços, mecanismos para controle de acesso, suporte ao modelo de software como serviço, entre outros.

O que é?

O SQL Azure é um conjunto de serviços que implementa as capacidades de processamento e armazenamento de dados na nuvem.
Com o SQL Azure, as aplicações podem aproveitar recursos como persistência de dados, business intelligence, sincronização, replicação de dados, relatórios, data mining (mineração de dados) e outros, a partir de uma infraestrutura de alta escalabilidade e provisionamento dinâmico, características nativas da computação em nuvem.

Entendendo um pouco sobre computação em Nuvem

Quem está diretamente ligado a área de suporte sabe como é trabalhoso fazer a infra-estrutura de um parque de informática funcionar de forma adequada, estamos considerando aqui a manutenção preventiva, manutenção corretiva e muitas vezes a rápida expansão devido à tomada de decisão em prol da oportunidade do negócio.
O profissional tem que saber lhe dar com diversas tecnologias, equipamentos, plataformas, prazos e limitações financeiras e caso haja uma baixa na demanda solicitada, todo o trabalho e por vezes toda a aquisição recente se torna desnecessária.
Aqui surge o conceito de computação em nuvem, provendo ao profissional de suporte conforto, pois a expansão é feita de forma dinâmica e elástica, então a empresa paga apenas o que vai usar, não tendo que arcar com um parque de TI que se torna desnecessários em alguns períodos, e aos administradores do negócio o foco no negócio e não na sua infra-estrutura de TI.

Como funciona?

Partindo do pressuposto de que toda empresa precisa de água, energia elétrica e telefone, para manter suas atividades cotidianas, é necessário garantir que esses recursos estejam se possíveis sempre disponíveis, mas nem toda empresa tem recursos suficientes para manter um reservatório de água, um gerador de energia elétrica ou uma central telefônica, para tanto existem grandes empresas especializadas no fornecimento de tais recursos. De maneira análoga acontece com grande parte das instalações de TI nas empresas, ou seja, custos desnecessários com equipamentos e serviços que poderiam estar sendo entregues a grandes empresas especializadas em tão somente atender a demandas cada vez mais variáveis, é exatamente assim que funciona a computação em nuvem, uma empresa paga por um serviço que está na nuvem, sem se preocupar como vão fazer tudo que ela teria que fazer para garantir o bom funcionamento dos equipamentos, além de não se preocupar em remanejamento, realocação de espaço, aquisição e descarte devido à rápida evolução dos equipamentos.
O SQL Azure é um banco de dados relacional que está hospedado na nuvem. Ele possui a arquitetura do SQL Server e é um dos pilares do Windows Azure.Cada pilar do Windows Azure é independente e poder ser contratados separadamente

Caso fique alguma dúvida segue link de trabalho já postado aqui no Wikidot:
http://pesquompile.wikidot.com/banco-de-dados-em-nuvem

Relação com Compiladores

O sistema de computação em nuvem pode se dividido em duas seções o front end e o back end. A sua conexão acontece por uma rede, que pode ser a internet. O front end é a parte do cliente, o lado do usuário, que compreende o computador, ou rede de computadores e a aplicação que será utilizada para acessar o sistema de computação em nuvem. O back end é a seção da computação em nuvem , ela compreende computadores, servidores que são responsável pela criação da nuvem. Há a existência de um servidor central que gerencia o sistema permitindo que os computadores se comuniquem com os outros. Isto mostra que assim como um compilador, a computação em nuvem, e o SQL AZure permitem que seja possível utilizá-los em qualquer plataforma, pois somente é necessária a alteração de uma das partes, o front end, ou o back end.

Conclusão

Ao utilizar o SQL Azure é possível prover e implementar bancos de dados relacionais e suas soluções de banco de dados para a nuvem, isso sem o custo inicial. Ainda é possível utilizar recursos como persistência de dados, sincronização, replicação de dados, o que mostra que o SQL Azure pode ser uma boa ferramenta a ser utilizada pelas empresas.

Se ainda ficou nas nuvens e não entendeu nada do que tem aqui :

Indicações para o assunto

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License