Comparativo Android X Ios X Windows Phone

Saiba um pouco do Android

android.jpg

Android é um sistema operacional desenvolvidos para aparelhos móveis que roda sobre o núcleo Linux. Foi inicialmente desenvolvido pelo Google e posteriormente pela Open Handset Alliance, mas a Google é a responsável pela gerência do produto e engenharia de processos. O Android permite aos desenvolvedores escreverem software na linguagem de programação Java controlando o dispositivo via bibliotecas desenvolvidas pela Google.
Em Julho de 2005 a Google adquiriu a Android Inc., uma pequena empresa em Palo Alto, California, USA. Foi desenvolvida uma plataforma de telefone móvel baseado em Linux, com o objetivo de ser uma plataforma flexível, aberta e de fácil migração para os fabricantes.
O primeiro smartphone comercialmente disponível a rodar no sistema Android foi o HTC Dream, e o primeiro tablet foi o Motorola Xoom.

Saiba um pouco do IOS

ios.jpg

IOS é um sistema operacional móvel da Apple Inc. Desenvolvido originalmente para o iPhone, mas também é usado no iPod Touch, iPad e Apple TV. A Apple não permite que o iOS seja executado em hardware de terceiros. A interface do usuário do iOS é baseado no conceito de manipulação direta, utilizando gestos em multi-toque. A interação com o sistema operacional inclui gestos como apenas tocar na tela, deslizar o dedo, e o movimento de "pinça" utilizado para se ampliar ou reduzir a imagem. Acelerômetros internos são usados por alguns aplicativos para responder à agitação do aparelho ou rodá-lo em três dimensões.
O sistema operacional foi lançado com o iPhone na "Macworld Conference & Expo" em 9 de janeiro de 2007, e lançado no mês de junho. Inicialmente, as aplicações de terceiros não eram permitidas. Steve Jobs argumentou que os desenvolvedores poderiam criar aplicativos web que "se comportam como aplicações nativas no iPhone". Em 17 de outubro de 2007, a Apple anunciou que a SDK nativa estava desenvolvimento e que eles esperassem para colocá-la nas "mãos dos desenvolvedores". Em 6 de março de 2008, a Apple lançou o primeiro beta, juntamente com um novo nome para o sistema operacional: o "iPhone OS". A rápida venda de dispositivos móveis da Apple acendeu interesse no SDK. A Apple também vendeu mais de um milhão de iPhones durante uma temporada de feriados de 2007. Em 27 de janeiro de 2010, a Apple anunciou o iPad, com uma tela bem maior do que o iPhone e iPod touch, e projetado para navegar na web, o consumo de mídia, e da leitura iBooks. O nome "iOS" foi usado pela Cisco. Para evitar qualquer ação judicial em potencial, a Apple licenciou o "iOS" uma marca registrada da Cisco.
O iOS 5.1 é a versão atual. Nela foram acrescentadas mais de 200 novas funções em relação ao seu antecessor, iOS 4, como edições de fotos, atalho para câmera na tela de desbloqueio, aplicativos novos como Lembretes e Banca, novo centro de notificações e outras funções. A quinta versão do sistema operacional móvel da Apple, é compativel com os seguintes aparelhos:
iPhone 3GS, iPhone 4 e iPhone 4S.
iPod Touch de 3ª geração e iPod Touch de 4ª geração.
iPad (1ª geração), iPad 2 (2ª geração) e Novo iPad (3ª geração)

Saiba um pouco do Windows Phone 7

Windows-Phone.jpg

O Windows Phone 7 é um sistema operacional móvel, desenvolvido pela Microsoft, sucessor da plataforma Windows Mobile, que é focado no mercado consumidor, em vez do mercado empresarial. Foi lançado na Europa, Austrália e Singapura no dia 21 de outubro de 2010, nos EUA e Canadá no dia 8 de novembro, no México no dia 24 do mesmo mês e, no início de 2011, na Ásia.
O software foi reescrito inteiramente do zero, teve que deixar valiosas funcionalidades para trás. Ao mesmo tempo, no entanto, alguns elementos muito interessantes chegam junto ao Windows Phone 7, o que pode fazer com que os consumidores o escolham em detrimento de seus rivais e apesar de ser um novo sistema para smartphones. Apesar das inúmeras melhorias desde a versão anterior, a 7.5 não trouxe mudanças visuais na interface. Isso foi uma excelente escolha da Microsoft, que pretende padronizar todos os sistemas com estilo Metro.
No Windows Phone 7 não era possível adicionar aplicativos na tela inicial, mais com o surgimento da versão 7.5 o usuários já possuem total liberdade para personalização da tela inicial, sendo, que a mudança da tela inicial no Windows Phone 7 só era possível para aplicativos nativos do sistema. A idéia desse novo sistema é unificar todos os serviços de redes sociais para agilizar a comunicação entre eles, sem que o usuário perceba que está recebendo mensagens de lugares diferentes. O sistema apresenta uma opção nativa do S.O chamada “Eu” onde todos o perfis das redes sociais cadastrados exibe tudo agregado a uma única tela.
Nessa nova versão do Windows Phone 7.5 a Microsoft introduziu um sistema de multitarefa. Ao ser pressionado o botão home é visualizado os programas que estão abertos, porém pausados e permanecem nesse estado até a solicitação do usuário.
A loja de aplicativos MarketPlace foi remodelada para um visual muito criativo e dinâmico. Devido a recente inserção do sistema no mercado existem poucos aplicativos disponíveis para os usuário fazerem downloads. Também vem nativo no sistema o Office que foi reescrito para ser mais pratico e eficiente, possuindo diversas funções e modelos pré definidos dos aplicativos como: Excel, Word, PowerPoint e OneNote. Além dessas funcionalidades o Office possui integração completa com o SkyDrive, serviço que é oferecido para acessar os arquivos onde quer que esteja.
O Internet Explorer 9 é o navegados padrão do Windows Phone 7.5, possui suporte a tecnologia HTML5, CSS3, XHTML e outros, porém não possui suporte ao programa Adobe Flash Player. Usando um motor JavaScript além de ser muito rápido, o navegador possui aceleração de gráfico por hardware.
O sistema da Microsoft ainda não aceita processamento de uma hardware de multicore, alegando que esse tipo de processador consome muita energia da bateria e não oferece um desempenho justificativo para o aumento do consumo, mas também não descarta uma atualização para suporte à esse tipo de processador.
Vemos então que esse novo S.O que está pronto para qualquer usuário e com o tempo os desenvolvedores vão aprimorar o sistema cada vez mais, pois o S.O já possui com todos os aplicativos essenciais de fabrica. Aqueles em busca de um novo aparelho devem levar em conta os novos modelos com Windows Phone. Ele pode ainda não ter atingido a maturidade do iOS e do Android em termos de desenvolvimento, mas está no caminho certo.

Diferenças, semelhanças e características dos SO

Sistema Operacional

No mercado desde 2007, o iOS ainda leva vantagem sobre o Android e o Windows Phone 7 na maioria dos quesitos, especialmente se levar em conta a versão 5 do sistema operacional da Apple. Com atrativos como o armazenamento de arquivos em nuvem, pelo iCloud, e o assistente com comando por voz, Siri (disponível no iPhone 4S), o sistema ainda está um passo a frente do Android e Windows Phone.
A velocidade de reconhecimento dos comandos e a navegabilidade também ganham pontos positivos no iOS, enquanto o Android, apesar de claramente evoluir entre uma versão e outra, ainda tem dificuldades para se nivelar com o sistema da Apple. A interface do iOS e a capacidade de realizar diversas tarefas ao mesmo tempo ainda são melhores que as oferecidas no Android e Windows Phone.
A Microsoft vem tentando adquirir um novo público consumidor com sua nova versão do Windows Phone 7.5, que teve o seu software reescrito inteiramente do zero tornando-o mais rápido, estável, integrado com as redes sociais e muito eficiente. Foi acrescentado o sistema de multitarefas, onde o aplicativo é minimizado permanecendo nesse estado indefinidamente ou até que outro aplicativo necessite de mais recursos, semelhante ao que acontece no iOS.

Disponibilidade de Aplicativos

Ao comprar um smartphone é importante verificar antes o número de aplicativos, gratuitos ou não, disponíveis para ele. Afinal, são eles que farão do seu celular uma peça multimídia útil para diversas funcionalidades ou não. E nesse quesito, o IOS e o Android estão na frente do Windows Phone, tendo em conta que também são mais velhos no mercado.
A AppStore e o iTunes ainda têm bem mais opções do que o Android Market (recentemente alterado para Play Store), mas a tendência é que as produtoras de apps já atentem para o crescimento do sistema operacional do Google e o da Microsoft e comecem a desenvolver novos conteúdos para, obviamente, conquistar mais clientes.
A Marketplace, loja de aplicativos da Microsoft também mudou de cara com o novo Windows Phone 7, ficando muito mais dinâmica e prática. O funcionamento é similar ao Google Play, a loja de aplicativos para Android. Games, programas, músicas e podcasts podem ser baixados com facilidade.
Além disso, o Android lançou recentemente o Google Music, que atuará como um concorrente pesado do iTunes. No entanto, a Apple ainda lidera neste quesito. Mas isso pode mudar muito em breve, com a popularização dos Sistemas Operacionais concorrentes.

Transferência de Arquivos

Um dos motivos de maior reclamação dos usuários do iPhone é a transferência de arquivos. Necessitar de um intermediário - no caso, o iTunes - para passar suas músicas ao smartphone, por exemplo, é um fator negativo. Enquanto isso, no Android e Windows Phone, basta clicar e arrastar os arquivos que você deseja para a pasta do celular, como se fosse um pen-drive.
Sem dúvidas a praticidade oferecida pelo software do Google e da Microsoft é um ponto positivo por tornar uma das tarefas mais legais do usuário do smartphone, que é armazenar diversos arquivos em seu celular, muito mais fácil que o seu concorrente IOS.
A mesma coisa acontece no momento de transferir arquivos via Bluetooth do Iphone para outros tipos de smartphone. Ele é bloqueado, não permitindo esse tipo de transferência nem para os próprios Iphone, negativando ainda mais o SO da Apple.
O Windows Phone 7 não há suporte para o armazenamento removível. Para diminuir os riscos de segurança, o Windows Phone 7 impede a transferência de dados do telefone por não suportar cartões removíveis de armazenamento de dados.

Personalização

O IOS tem um layout interno padrão, com algumas características únicas. O software foi desenvolvido para rodar exclusivamente em plataforma dos aparelhos da Apple.
O Android é um sistema operacional feito para diversas marcas, como HTC, Motorola, Samsung, etc. Ele é feito sob a tutela do open-source, o que permite que qualquer um modifique, seja o usuário ou companhias. Na prática, é possível personalizar (quase) tudo no Android.
Com isso, este é mais um ponto positivo a favor do sistema operacional do Google. Liberdade para criar, personalizar e deixar seu smartphone com a sua cara, que para alguns clientes isso é fundamental.
O Windows Phone 7.5 veio com diversas melhorias desde a versão anterior. Com a Interface moderna e com ícones dinâmicos, a Microsoft pretende padronizar todos os sistemas com estilo Metro. As tiles — pequenos ícones com conteúdo dinâmico — oferecem modernidade e praticidade, além de um visual muito bonito.

Segurança

A questão da personalização, de fato, dá pontos positivos ao Android. No entanto, é preciso ter cuidado onde se toca. Como em toda iniciativa open-source, também há chances de se contrair arquivos que podem ser prejudiciais ao seu aparelho. Há até pesquisas que tratam o software como seguro, mas com ressalvas. O iPhone, no entanto, também não fica muito diferente disso.
Um bom exemplo é um relatório feito pela Symantec, criadora do Norton Antivírus, que garante que o iPhone oferece completa proteção contra os mais diversos tipos de malware, mas somente tem avaliação “moderada” em isolar apps e prevenir o abuso de recursos. Além disso, a AppStore pode até estar livre de malwares, mas muitos usuários optam pelo jailbreak (desbloquear) o aparelo, e assim ficam muito mais expostos a pragas virtuais.
Enquanto isso, os dispositivos Android ainda não estão tão avançados neste quesito, especialmente por não oferecerem checagem de proveniência dos aplicativos e não ter um sistema de codificação e proteção de informações. No próprio Android Market, dependendo do tipo de aplicativo que você baixar, de fontes inseguras, você pode estar expondo seus dados a terceiros sem saber. Ou até mesmo pode ser feito o download na internet de um arquivo .apk e instalado diretamente no seu smartphone, desta forma não comprovando a veracidade do arquivo.
O Windows Phone 7, bloqueia o acesso ao sistema de arquivos do PC. Ele usa um aplicativo chamado Microsoft Zune, que é utilizado para fazer a sincronização do Windows Phone 7 com o PC, porém ele não permite acesso ao sistema de arquivos do PC. Isso impede que os usuários copiem ou movam documentos para o telefone. O aplicativo Microsoft Zune só pode ser utilizado somente para sincronizar arquivos de mídia (como músicas, imagens e arquivos de vídeo) com um PC.

Preço dos Smartphones

O bolso do consumidor pesa muito na hora de decidir qual smartphone levar para casa. Nessa hora, não há como negar: a vantagem é dos aparelhos com Android. Sejam eles desbloqueados ou comprados em conjunto com a assinatura de algum plano de operadora de telefonia móvel, em grande parte todos são mais baratos do que o iPhone.
O aparelho da Apple até é vendido em algumas condições interessantes, mas o valor da mensalidade desses planos não compensa.
O Windows Phone 7.5 chegou ao Brasil com um aparelho HTC, custando R$ 1.800,00. Um preço ainda meio salgado, mas mesmo assim ainda leva vantagem sobre o Iphone da Apple.
Sendo assim, os dispositivos Android mais avançados ainda levam uma ligeira vantagem sobre os aparelhos com o sistema da Apple e da Microsoft no mercado brasileiro.

Resultado das Comparações

É difícil fazer uma comparação entre diversos modelos de smartphone, ainda mais quando cada um deles roda um sistema operacional diferente. Escolher um deles, não é uma tarefa fácil.
Depois de tantas comparações realizadas, O Iphone da Apple acabou ganhando a disputa com seus rivais. O Android e o Windows Phone vem crescendo muito no mercado brasileiro.
O crescimento do Android, é influenciado pelo fato de ele estar em muito mais aparelhos do que o iOS, e o Windows Phone vem sendo aprimorado cada dia pela Microsoft, ganhando mercado a cada dia.
Neste momento, o iPhone ainda é o melhor. Em um futuro próximo, não se sabe, pois o Google e a Microsoft tem planos ambiciosos para este mercado de sistemas operacional móveis.

Relação com a Disciplina Compiladores

O compilador é um programa de computador que traduz o texto fonte de uma linguagem de programação de alto nível, para uma linguagem de programação de baixo ou alto nível, gerando um arquivo executável para que seja utilizado varias vezes sem a necessidade de compilar novamente.
Todo sistema operacional possui um núcleo chamado de kernel o qual delimita suas funções. Os sistemas operacionais citados acima: o Android, IOS e Windows Phone serve de interface entre o dispositivo e o usuário. Desse jeito, não necessita que o usuários tenham conhecimento avançados de como os programas (apps instalados) estão se comunicando com o hardware dos seus smartphones.
No caso do Android, ele faz a integração das classes JAVA para o correto funcionamento durante a compilação de aplicativos para dispositivos com esse sistema operacional.

REFERENCIAS:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Android
http://pt.wikipedia.org/wiki/IOS
http://pt.wikipedia.org/wiki/Windows_Phone_7
http://www.winphone7.info/2011/06/mango-features-vs-ios-features/
http://windowsphonebrasil.com.br/index.php/windows-phone-7-mango-vs-ios-5/
http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2011/12/iphone-ou-android-entenda-diferenca-entre-os-sistemas-mobile.html
http://www.tecmundo.com.br/microsoft/11484-analise-windows-phone-7.htm
http://www.pcworld.com/article/208491/mobile_os_smackdown_windows_phone_7_vs_ios_vs_android.html
http://www.tecmundo.com.br/windows-phone-7/21687-analise-windows-phone-7-5-mango-video-.htm
http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/2386.aspx
http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/10/primeiro-celular-windows-phone-7-chega-ao-brasil-por-r-18-mil.html

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License